Atualidades

Fox Sports - Falcão e Manoel Tobias - Malandragem e Lance Genial

O jogador provavelmente não vai conseguir repetir a façanha abaixo, o gol foi extraordinário e arrancou aplausos até do adversário, assista ao vídeo.

Os 70 Maiores Artilheiros (dependendo de atualização)
 
01 Arthur Friedenreich (Paulistano-SP) 1.329 gols 02  Pelé (Santos) 1.281 03  Dadá Maravilha (Atlético-MG) 961 04  Romário (Vasco) 925 05 Túlio Maravilha (Botafogo) – 885 06 Roberto Dinamite (Vasco) 745 07 Bife (Comercial-MS) 720 08 Zico (Flamengo) 701 09 Flávio Minuano (Corinthians) 591 10 Cláudio Adão (Flamengo) 561 11 Soares (Criciúma-SC) 550 12 Pinga (Vasco) 532 13 Ramon (Vasco) 531 14 Sima (River-PI) 529 15 Leônidas da Silva (São Paulo) 522 16 Waldo (Fluminense) 498 17 Pepe (Santos) 427 18 Alex (Palmeiras) 415 19 Ronaldo Nazário (Cruzeiro) 414 20 Toninho Guerreiro (Santos) 408 21 Taínha (Comercial-MS) 400 22 Marcelo Ramos (Cruzeiro) 398 23 Tita (Flamengo) 376 24 Coutinho (Santos) 370 25 Sebastián Loco Abreu (Botafogo) 342 26 Zizinho (Flamengo) 39 27 Mazzola (Palmeiras) 338 28 Carlitos (Internacional) 325 29 Heitor (Palmeiras) 320 30 Sócrates (Corinthians) 317 31 Liédson (Corinthians) 316 32 Luis Artime (Palmeiras) 316 33 Quarentinha (Botafogo) 313 34 Jardel (Grêmio) 313 35 Luisinho (América-RJ) 311 36 Deivid (Santos) 309 37 Cláudio (Corinthians) 305 38 Lima (Operário-MS) 300 39 Tostão (Cruzeiro) 292 40 Careca (São Paulo) 288 41 Giovanni (Santos) 285 42 Magno Alves (Fluminense) – 283 43 Douglas (Santos) 282 44 Vavá (Palmeiras) 281 45 Kléber Pereira (Santos) 274 46 Carvalho Leite (Botafogo) 273 47 Ademir de Menezes (Vasco) 272 48 Rivaldo (Palmeiras) 272 49 França (São Paulo) 271 50 Renaldo (Atlético-MG) 271 51 Servílio (Palmeiras) 271 52 Reinaldo (Atlético MG) 271 53 Jairzinho Furacão (Botafogo) 270 54 Adir (Operário-MS) 270 55 Baltazar (Corinthians) 266 56 Alcindo (Grêmio) 265 57 Euller (São Paulo) 264 58 Victor Aristizabal (São Paulo) 263 59 Bebeto (Gaúcho-RS) 263 60 Evair (Palmeiras) 257 61 Rodolfo Fischer (Botafogo) 256 62 Carlito (Bahia) 253 63 Dejan Petkovic (Flamengo) 252 64 Teleco (Corinthians) 251 65 Éverton (Atlético-MG) 25 66 Campos (Atlético-MG) 250 67 Benê (Paysandu-PA) 249 68 Gildo (Ceará) 246 69 Garrincha (Botafogo) 245 70 Éder Aleixo (Atlético-MG) 244.

Usando o Direito de resposta

Recomendado para a torcida “Arco-Íris” *

FLAMENGO,

maior Campeão Carioca, cinco vezes Tri-Campeão, seis vezes Campeão do Brasil, Campeão da Copa  Libertadores, Campeão Mundial, três vezes Campeão da Copa do Brasil e outros títulos no Futebol e em outras modalidades de esportes que não haveria aqui espaço suficiente para citá-las.

Eurico Miranda levantou o Fluminense quando ele caiu pela primeira vez no Brasileiro, não se agüentou e caiu novamente para a segunda divisão e depois para a terceira, ganhou e deveria disputar a segunda, ou não? Não! Retornou a Elite pela janela (Tapetão), novamente não se sustentou e caiu outra vez, agora em 2013 e novamente voltou através de uma brecha (Tapetão) dada pelo clube adversário, isto sem contar que ganhou dois títulos Cariocas também na Justiça (contra Bangu e Americano de Campos) e outros benefícios vindos através da CBF.

Recentemente, no caso da Portuguesa Paulista, entendemos que se houvesse um pouco de ética desportiva, deveria ser aguardada a decisão do STJD, sem a necessidade de se manifestar judicialmente, agravando a pressão contra o seu adversário, já que seria o grande beneficiado.

Pouco inteligentes também foram as declarações totalmente “infantis” por parte de seus dirigentes e alguns torcedores, tipo assim: “não temos culpa”, “caiu em nossas mãos” e outras jóias piores ainda.

De qualquer forma, continua devendo a disputa da segunda divisão.

Todos os outros clubes que caíram, disputaram no campo de jogo e voltaram com moral e o respeito de todos, inclusive a satisfação e admiração dos próprios torcedores.

A Lei não é para ser comprida, como eles próprios apregoam agora, estão vamos cumpri-la e vamos fazê-la com dignidade, se ofereçam espontaneamente!

Antes diziam que não poderia se alterar o resultado do campo de jogo e agora pode?

O Vasco da Gama caiu em 2008 disputou e voltou honrosamente pela porta da frente, parece até que gostou, pois voltou a cair novamente agora em 2013...

Quanto ao Botafogo teve seus dias de glória nos “velhos tempos” de Garrincha (Flamenguista de coração), Nilton Santos, Didi, Gerson (revelado no Flamengo), Zagallo (também revelado no Flamengo)... Já caiu e voltou a Elite com méritos.

Portanto, será que existe outro clube no Rio de Janeiro mais vitorioso que o "Mengão"?

Existe razão para ser ofendido, denegrido, achincalhado pelas torcidas opostas.

Se não existir, por favor, torcedores, façam seus comentários, mas se manifestem com o mínimo de conhecimento da história do futebol e com maior respeito ao maior vencedor do Estado e um dos maiores do País.

Nota:- Devemos ressaltar que reconhecemos as exceções, por isto estamos respondendo só para quem vestir e servir a “Carapuça”!

Quanto a nós, agradecemos e manifestamos a nossa fraterna alegria, pela existência destes clubes adversários, de seus respectivos dirigentes e torcedores, pelas glórias que nos proporcionam.

Os números não mentem nem inventam. Falamos com base nestes números.

A maior TORCIDA do MUNDO agradece com toda a sua peculiar “humildade”.

Aviso: estão vetadas todas as ações judiciais contra os títulos e conquistas no futebol e em outras modalidades pelo clube “Mais querido do Mundo” no campo de jogo.

Nenhuma reivindicação poderá ser feita em favor de quem não o fez por merecer.

® ncaravello

* “Arco-Íris”: título atribuído as torcidas adversárias, pelo saudoso, grande Jornalista, Radialista, Rubro-Negro, o homem que levou e manteve no Flamengo o maior ídolo da história do clube: Celso Garcia (O garoto do placar).

ÌDOLO é aquele que JOGA, faz GOLS e ainda GANHA TÍTULOS NO CAMPO DE JOGO

Adivinhe se for possível

De qual clube a figura à direita é ídolo?

= Botafogo? 

= Fluminense?

= Vasco da Gama?

= Flamengo?

® NCaravello

Fonte de Imagens:- Internet 

é uma espécie de barrete ou capuz de forma cônica e remonta ao período da Inquisição, em que os condenados eram obrigados a vestir trajes ridículos ao comparecer aos julgamentos. Além de usar uma túnica com o formato de um poncho, eles precisavam colocar sobre a cabeça um chapéu longo e ponteagudo, conhecido como carapuça. Daí a expressão "vestir a carapuça" ter se incorporado ao português escrito e falado com o sentido de "assumir a culpa".